Caminhos da Floresta, 2014

sábado, 11 de novembro de 2017

Caminhos da Floresta - Escrevendo Asas

Sinopse
Caminhos da FlorestaEm um reino distante perto da floresta, a história acompanha um padeiro e sua esposa, amaldiçoados por uma bruxa vingativa para não terem filhos. Um dia, porém, a bruxa oferece a chance de reverter a maldição se o casal trouxer a ela quatro itens: uma vaca branca como leite, uma capa vermelha como sangue, cabelo amarelo como milho e o sapato puro como ouro. Determinados a acabar com a maldição, os dois, junto de vários personagens famosos de contos de fada, aventuram-se dentro da floresta para conseguir o seu desejo, completamente ignorantes das consequências de suas ações que cairão sobre eles. (tradução livre de TV Tropes - Into the Woods

Sobre o filme
O filme (Into the Woods, no original), lançado em 2014, é uma adaptação de um musical da Broadway de James Lapine e Stephen Sondheim. Foi dirigido por Rob Marshall, com o roteiro do próprio Lapine e a mudanças do enredo aprovadas por Sondheim.

Caminhos da Floresta

Se eu não me esqueci de ninguém, os contos de fada mencionados no filme são Cinderela, Rapunzel, João e o Pé de Feijão e Chapeuzinho Vermelho.

Sim, é um filme dos estúdios Disney.

Não, não espere o estilo contos-de-fada-da-Disney de ser.

Eu avisei.

Elenco:
João e o Pé de Feijão - Caminhos da Floresta
João e o Pé de Feijão
Só para citar rapidinho:

- James Corden como o padeiro
- Emily Blunt como a esposa do padeiro
- Johnny Depp como o lobo
- Anna Kendrick como Prince
- Daniel Huttlestone como João
- Tracey Ullman como a mãe de João
- Mackenzie Mauzy como Rapunzel
- Billy Magnussen como o príncipe da Rapunzel
- Christine Baranski como a Madrasta Malvada da Cinderela
- Tammy Blanchard e Lucy Punch como as irmãs de Cinderela
(informações de Disney Wikia - Into the Woods

Versão dos Contos de Fada

Cinderela - Caminhos da Floresta
Cinderela

As versões dos contos que o filme faz referência são as versões antigas (Irmãos Grimm e talvez até versões anteriores). Então tem aquelas partes cortadas pelos desenhos da Disney (tipo a madrasta da Cinderela cortando pedaços dos pés das filhas para caber no mini sapato, e o príncipe da Rapunzel ficando cego). Também foram acrescentadas algumas cenas mais, hum, trágicas (tanto no sentido de tristes, quanto no sentido de “o que fizeram com esse personagem??”). Então, ok, confesso, fiquei um pouquinho frustrada com essa última parte (veja bem, não estou falando de tornar os heróis de contos de fada mais humanos dando defeitos a eles, me refiro a algumas atitudes mais graves).

🚨Alerta de spoiler on 🚨

Tipo a traição do Príncipe (Não) Encantado da Cinderela. Sério, como assim? Minha infância foi por água abaixo nessa hora.

🚨Alerta de spoiler off 🚨

Chapeuzinho Vermelho - Caminhos da Floresta
Chapeuzinho Vermelho 
Agora, pesquisando por aí para fazer esse post, li algumas coisas que eu definitivamente não tinha percebido. Por exemplo: eu já sabia que as primeiras versões do conto da Chapeuzinho Vermelho faziam alusão a pedofilia, mas não tinha notado nada a respeito disso no filme. Porém, aparentemente era um negócio meio óbvio, tanto que os pais da atriz Sophia Grace Brownlee, originalmente escalada para ser Chapeuzinho Vermelho, tiraram-na do filme por achar que era muito nova para o papel. E olha que em todo lugar que você for procurar, o filme veio um pouco mais leve do que a peça de teatro.

🚨 Alerta de spoiler on 🚨

No musical, entre outras coisas, Rapunzel morre, e os príncipes dela e da Cinderela as traem correndo atrás da Bela Adormecida e da Branca de Neve.

What??

🚨 Alerta de spoiler off 🚨

Padeiro e sua esposa - Caminhos da Floresta
Padeiro e sua esposa

P.S. Existe um livro com o nome Into the Woods, de Lyn Gardner. Na verdade, dois livros: Into the Woods e Out of the Woods. Também é uma mistura de contos de fada, também não no estilo Disney de ser, mas as histórias não são relacionadas com o filme.



Confissões (é, mais algumas)

Rapunzel - Caminhos da Floresta
Rapunzel
Minha próxima confissão é que apesar do Teatro dos Contos de Fada, eu cresci muito mais com as versões passarinhos-cantando-e-coelhinhos-saltitando nos desenhos Disney do que com a versão lições-de-um-mundo-cruel dos originais. Então eu fiquei meio chateada. 



O ponto é que essa é a ideia do filme, “[os personagens] se aventuram dentro da floresta para terem seus desejos concedidos... e descobrem que a vida raramente funciona como um conto de fadas [versão dos passarinhos e tal]. (Tradução livre de Disney Wikia - Into the Woods)

Obviamente, esse filme não se tornou um dos meus favoritos, mas da trilha sonora eu gostei, não só da harmonia, como de algumas letras também. Escuto às vezes quando estou escrevendo.

Coisas Interessantes
Falando na trilha sonora, tem uma violinista que eu adoro, chamada Lindsey Stirling (sério, ela é fenomenal!), que fez um Medley de Caminhos da Floresta. Não deixem de assistir.



Nas minhas andanças por aí, também encontrei um link para uma gravação da peça de teatro (sem legenda). Confesso (de novo!) que não me aventurei a assistir, mas se alguém se interessar, está aqui. (encontrei nos comentários de Disney Wikia - Into the Woods

E achei um texto interessante sobre o filme aqui New Yorker - Why Into The Woods Matters. Segue um trecho traduzido:

(Atenção! Contém spoilers! 🚨)

Padeiro e a bruxa - Caminhos da Floresta
O Padeiro e a Bruxa
“Caminhos da Floresta é fácil de ser entendido errado. O filme junta figuras de contos de fada como Cinderela, João (do pé de feijão), Chapeuzinho Vermelho e o lobo, Rapunzel e a bruxa, e mais de um príncipe bonito. Dois novos personagens, um padeiro e sua esposa, que foram amaldiçoados para não terem filhos, ajudam a ligar tudo. No fim do I Ato, os desejos de todo mundo se tornaram realidade: Cinderela tem seu príncipe, João tem a harpa do gigante, o padeiro e a esposa têm um filho e por aí vai. No II Ato, tudo cai. Um segundo gigante aparece deixando um traço de destruição. O príncipe trai. O casal volta a culpar um ao outro e brigar. Os personagens questionam seus desejos originais e o que eles roubaram e quem venderam para realizá-los. Ninguém realmente vive feliz para sempre."


(Cuidado com o que deseja
Desejos são como crianças
Cuidado com o caminho que eles tomam
Desejos se realizam, não de graça
Cuidado com o feitiço que você lança
Não apenas em crianças
Às vezes o feitiço dura
Mais do que você pode ver
E se voltar contra você
Cuidado com a história que você conta
Esse é o feitiço
As crianças vão escutar)


E você já viu esse filme? O que achou? Gostou dessa versão mais dark ou também sentiu falta dos coelhinhos saltitantes, rs? Me contem nos comentários.




P.S. Além das fontes já citadas, outras informações para fazer essa postagem vieram de:
- Filmes Disney
- Imagem do pôster 

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...