5 Jeitos de Esconder seu Inimigo Deixando-o Bem à Vista

sábado, 24 de junho de 2017


5 Jeitos de Esconder seu Inimigo Deixando-o Bem à Vista

Olá, pessoas! 

Vamos direto ao assunto: o post de hoje não é de minha autoria. É a tradução de um artigo que li faz pouco tempo, achei bem interessante e me rendeu algumas ideias. =)

Obviamente pedi autorização para a autora, Kaitlin Hillerich. O link para o texto original é 5 Ways to Hide Your Villain in Plain Sight.

Espero que vocês também gostem!

5 Jeitos de Esconder seu Inimigo Deixando-o Bem à Vista

5 Ways to Hide Your Villain in Plain SightÀs vezes você não quer que seus leitores (ou personagens!) saibam quem os malvados da história são. E se você pensar a respeito, faz sentido os vilões se camuflarem.

Vilões são enganosos, astutos e manipuladores. Nem sempre eles andam por aí anunciando que são os bad guys! Às vezes, precisam andar incógnitos para conseguir o que querem. E às vezes, o vilão mais assustador é aquele que você não viu.

Então como escondê-los na sua história para uma deliciosa virada do mal? Você precisa subverter as expectativas dos seus leitores. Assim, pegue o que os seus leitores esperam dos vilões, o que eles assumem que os vilões façam e vire de cabeça para baixo. Aqui estão 5 jeitos para tentar.

Nota: Esse post contém spoilers das seguintes histórias: Frozen, Cidade de Ossos da Cassandra Clare, primeira temporada de The Flash, primeira temporada de Teen Wolf e Harry Potter e a Pedra Filosofal de J. K. Rowling. Você foi avisado! ;)

Nota minha [Anna]: Vou deixar um alerta com esse símbolo 🚨 antes e depois dos spoilers para ficar mais fácil de pular o exemplo se vocês quiserem, beleza?

1. Bonito e Charmoso
Leitores com frequência esperam que vilões sejam feios e com aparência assustadora. Pense em todos aqueles filmes da Disney que você assistiu quando era criança – Cruella de Vil, Jafar, Úrsula, Capitão Gancho, Malévola. Você sabia de cara que aquele personagem era o malvado porque ele era feio ou ameaçador. Mas a vida real não é sempre preto e branco. Coisas sombrias frequentemente vêm em embalagens bonitas.
Disney - Frozen
🚨 início spoiler Frozen 🚨

Em Frozen, a Disney subverteu as expectativas que eles estabeleceram para sua audiência por anos. Eles apresentam o personagem Hans, um príncipe charmoso e bonito que parece ser um cara bem legal. Ele e a Princesa Anna parecem realmente se entender. Droga, até o cavalo parece simpático. Então descobrimos que mesmo que Hans seja bonitinho por fora, é podre até a alma.

🚨 fim spoiler Frozen 🚨


2. Ajudando o Herói
Leitores nunca vão suspeitar que o personagem ajudando o herói poderia ser o vilão. Por que o cara mau vai ajudar o inimigo, certo? Mas ele pode ter motivos ocultos que não ficarão claros até o final. Esse tipo de personagem pode ser um mentor, alguém que o herói admira, vê como um ídolo, ou simplesmente alguém que só parece querer dar uma mão. Qual objetivo secreto seu vilão pode estar escondendo?

Cidade dos Ossos🚨 início spoiler Cidade dos Ossos 🚨

Em Cidade dos Ossos, Hodge é o tutor dos personagens principais. O que não sabemos até mais tarde é que na verdade ele é um ex-seguidor do vilão e foi banido para o instituto, onde está preso por uma maldição. Ele ajuda os heróis a conseguirem um item que Valentine está procurando – porém apenas para que ele mesmo possa dar para Valentine e trocar por sua liberdade.

🚨 fim spoiler Cidade dos Ossos 🚨

🚨 início spoiler The Flash 🚨

The FlashNa série de TV The Flash, Dr. Wells é o ídolo de Barry e o ajuda a aprender a usar seus poderes. Mas na verdade, Wells veio do futuro e ficou preso no passado quando tentou matar Barry antes de ele se tornar Flash. Ele precisa que Barry se torne rápido o suficiente para abrir um portal que permita que ele volte para seu mundo.

🚨 fim spoiler The Flash 🚨

3. Completamente Inofensivo
O personagem na cadeira de rodas ou em coma não pode ser o vilão, certo? Quer dizer, não é possível, ele não poderia machucar ninguém.

Errado.

Teen Wolf🚨 início spoiler The Flash e Teen Wolf 🚨

Em The Flash, Dr. Wells finge estar confinado em uma cadeira de rodas, o que faz os heróis suspeitarem menos dele. Na primeira temporada da série Teen Wolf, Peter Hale aparece em coma, então ninguém suspeita que ele poderia ser o lobisomem alfa aterrorizando a cidade.

🚨 fim spoiler The Flash e Teen Wolf🚨

Nos esperamos que os vilões sejam fortes – tanto física, quanto mentalmente. Fazê-lo parecer indefeso ou inofensivo é um ótimo jeito de camuflá-lo.

4. Tolo Incompetente
Vilões são por natureza hábeis, poderosos e perversos, então quando cruzamos com um personagem que parece um tonto atrapalhado, não vamos suspeitar que ele seja o cara malvado.

Harry Potter e a Pedra Filosofal🚨 início spoiler Harry Potter e a Pedra Filosofal 🚨

J.K.Rowling faz isso de uma maneira brilhante com Professor Quirrel em Harry Potter e a Pedra Filosofal. Ninguém suspeita que o professor gago, tímido e covarde é quem realmente está trabalhando para Lord Voldemort.

🚨 fim spoiler Harry Potter e a Pedra Filosofal 🚨


5. “Gostável” (no original: Likability)
Vilões não são para serem “gostáveis”. Eles são sombrios, cruéis, maus, egoístas e injustos. Então se você criar um personagem que pareça alegre, gentil, amigável e até mostre traços heroicos, leitores não vão achar que ele é o vilão. Quanto mais o leitor gostar do personagem, menos vai suspeitar dele porque não quer que ele seja o vilão. Pode até ser seu personagem favorito! Quer dizer, até que ele mostre suas verdadeiras intenções.
Disney - Frozen
🚨 início spoiler Frozen 🚨

Vamos voltar para Hans, de Frozen. Ele parece doce, charmoso e um pouquinho bobo, desajeitado. Quando Anna parte para procurar Elsa, ele ajuda a cuidar do reino. E quando o cavalo de Anna volta sozinho, Hans sai em busca de seu amor. Parece bem heroico e honroso, certo? Até descobrirmos que ele só quer casar com Anna para matar Elsa e ganhar controle do reino. 
Falando em frieza!

🚨 fim spoiler Frozen 🚨

Você já leu algum livro que o vilão acabou sendo uma surpresa?


Gostaram do artigo? Tiveram algumas ideias ou lembraram de alguma história que leram/ assistiram? Confesso que George Wickham em Orgulho e Preconceito da Jane Austen foi uma surpresa pra mim. Se lembraram de alguma, contem pra mim!



Não deixem de visitar também o Ink and Quills, é um site bem interessante!





Comente com o Facebook:

10 comentários:

  1. Obrigada pelas dicas. Melhor coisa é se surpreender com a estória e principalmente quebrar os paradigmas dos vilões como o conhecemos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também adoro quando a história me surpreende! Fiquei super feliz quando a autora me autorizou a traduzir o artigo dela. Que bom que gostou!

      Excluir
  2. Muito obrigada. Me ajudou muito vc é demais 😉

    ResponderExcluir
  3. Eu estou escrevendo um RPG de mesa, então estava procurando algo para surpreender os jogadores. Muito obrigada, realmente me ajudou.

    ResponderExcluir
  4. ⚠️spoiler de A Rainha Vermelha

    Isso me lembrou muito o Maven, no primeiro livro ele parecia ser o príncipe perfeito revolucionário que só queria igualdade, além de ser todo fofo e fazer a gente se apaixonar até mais que a Mare (eu mesma gostava bem mais dele do que do Cal) mas na verdade era tudo um plano dele e da mãe para tomar o trono e não fazer nenhuma mudança na hierarquia de Norta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confesso que não conheço A Rainha Vermelha, mas ilustra bem mesmo :)

      Excluir
  5. Eu msm fiquei chocada quando eu descobri esse lado dele. Ele era tão amável, lindo, "perfeito"... tristeza

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      De qual personagem vc está falando, Meu Pão de Mel?

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...